domingo, 11 de maio de 2008

Os X-Men 04: A Irmandade de Mutantes!

"A Irmandade de Mutantes!"
(The X-Men 04, março de 1964)

Roteiro: Stan Lee.
Desenhos: Jack Kirby.
Arte-final: Paul Reinman.
Marvel Comics.

Esta edição apresenta a primeira aparição de um dos grupos de vilões mais notórios dos X-Men: a Irmandade de Mutantes (nos EUA, de Mutantes Malignos).

Composta inicialmente por Mestre Mental, Groxo, Mercúrio e Feiticeira Escarlate, sob a liderança de Magneto, o grupo rouba um cargueiro e com isso conquista um país sul-americano chamado Santo Marco.

Os X-Men vão até o país e têm a melhor batalha desde sua estréia. Mesmo estando do lado dos vilões, Mercúrio e Feiticeira Escarlate já são apresentados aos leitores como figuras dúbias (no bom sentido). Os dois aparentam só estar no bando de Magneto porque a Feiticeira Escarlate foi salva por ele. Já Mercúrio, mais rude, tem seu lado heróico revelado ao final, ao impedir que o país vá pelos ares antes da fuga da Irmandade.

Anos mais tarde, seria revelado por Chris Claremont, em Uncanny X-Men 125, que Mercúrio e Feiticeira Escarlate são filhos de Magneto, mas isso é outra história.

Destaque para o diálogo mental entre Xavier e Magneto, que transcrevo a seguir:

- Por que você e seus X-Men impedem que os mutantes conquistem o mundo? Por que luta conosco? Afinal, você também é um mutante!

- Eu quero salvar a humanidade, não destruí-la! Devemos usar nossos poderes para criar uma era de paz na Terra... lado a lado com os humanos comuns!

- Nunca! Os humanos devem ser nossos escravos! Eles não merecem compartilhar o domínio do mundo conosco! Você fez a sua escolha... a partir de agora somos inimigos mortais!
Desse modo, o paralelo entre os dois personagens fica ainda mais evidente. Sem contradizer esses contatos inciais entre os dois, anos mais tarde Chris Claremont desenvolveria uma história do passado entre Xavier e Magneto.

Como disse, as cenas de ação dos X-Men contra a Irmandade de Mutantes são as melhores até aqui. O efeito que o Jack Kirby fez para o Mercúrio correndo ficou bem interessante para os padrões da época. E o Anjo se mostrou um personagem um pouco menos inútil do que eu esperava (nunca vi graça nas asas dele).

Outro ponto é que as rajadas ópticas do Ciclope têm um limite de energia. Esse limite não é mostrado nas histórias atuais.

Após escaparem, Xavier é atingido por uma bomba e perde os seus poderes. Como está escrito na edição, seus poderes estão "danificados". Ele pede para os X-Men o deixarem mas o grupo permanece leal ao seu mentor. Xavier, na verdade, está mentindo, conforme será visto na edição seguinte.

E assim eles prometem ir atrás da Irmandade de Mutantes quando esta voltar a aparecer.

Agora, uma questão que percebi é que até agora parece que só os mutantes querem acabar com os humanos. Conforme foi mostrado na segunda edição, várias mulheres humanas "comuns" assediaram o Anjo mesmo sabendo de sua condição como mutante. Assim, pelo menos nessas primeiras edições, são os mutantes quem estão se mostrando intolerantes para com os humanos e não o contrário.

Vamos ver como isso se desenvolve mais pra frente nessas histórias clássicas.

Abraço a todos!

Primeira aparição: Irmandade de Mutantes, Feiticeira Escarlate, Mercúrio, Mestre Mental, Groxo.

6 comentários:

Orlando Calheiros disse...

Olá, aqui é o Orly do MBB
gostei dos reviews,gostaria de saber se você esta lendo estas revistas a partir da bibliotéca historica da marvel: x-men lançada pela panini.
Abraços e parabéns

Noturno disse...

Oi Orly! Fico muito contente com sua visita! Seguinte, essas dez primeiras histórias sim, acompanhei pela BHM X-Men da Panini. Eu consegui o segundo Materworks dos X-Men pra poder continuar. Mas falando sério, eu queria mesmo era pular logo pra Giant Size 01 que é realmente o que interessa, não é mesmo? Mas acho que pelo menos até a saída do Lee eu escreverei resenhas dessa fase. Cara, valeu pela visita. Agora me empolguei pra continuar escrevendo. Abração!!!

James Figueiredo disse...

Pô, Neto, cadê as atualizações, cara?! ;^)
Ah, e você não pode deixar de fazer uma resenha da fase Roy Thomas/Neal Adams, cara!

Abração,
J.

M1ster disse...

Tem algum blog dos Vingadores por aí? :lol:

Noturno disse...

Mister, seu falso mutuninha! hehehe...

White Ronin disse...

A "TRÚ Irmandade", meu Deus! Essa é a que vale! Tá, tá! Menos o "Grouxoitado"!

Curto muito essa formação!E é o primeiro racha entre equipes mutantes rivais!!!!

Quanto mais leio teus resumos mais quero essas "BHM"!!! :(

Zatanno Frost