quinta-feira, 12 de junho de 2008

Os X-Men 08: A incrível ameaça de... Unus, o intocável!

“A incrível ameaça de... Unus, o intocável!”
(The X-Men 08, novembro de 1964)

Roteiro: Stan Lee.
Desenhos: Jack Kirby.
Arte-final: Chic Stone.
Marvel Comics.

Apesar de terem se “formado”, os X-Men continuam seu treinamento intensivo. Jean Grey, por exemplo, aperfeiçoa arduamente seus poderes telecinéticos... fazendo tricô! Ah, essa época inocente... tudo bem que colocando a linha nos buraquinhos, tal qual quer nos mostrar o desenho, se mostre uma tarefa difícil de ser concretizada, mas não me convence.

O Homem de Gelo finalmente muda sua forma. Seu corpo agora é cristalino de modo que agora podemos dar adeus ao antigo “Boneco de Neve”. Essa forma cristalina vestindo um calção será a aparência do herói daqui em diante, pouco mudando com o passar dos anos.

Enquanto convivem entre si, Ciclope e Jean Grey mostram-se apaixonados um pelo outro. O problema é que nenhum dos dois cria coragem para revelar seus sentimentos.

Nas ruas de Greenwich Village (novamente), o Hank (Fera) e Bob (Homem de Gelo) vêem um garoto encima de uma caixa d'água correndo risco de queda. Usando seus poderes de super-agilidade e aderência, o Fera salva o garoto. Mas como suas habilidades extraordinárias são reveladas ao público que presencia a cena, os dois são quase linchados pelo ódio que as pessoas “normais” sentem pelos mutantes.

Revoltado com a situação, Hank decide abandonar os X-Men. Ciclope tenta contatar o Professor Xavier para ver se este lhe dá alguma dica do que fazer, mas este se diz ocupado nos Balcãs (Europa), procurando Lúcifer. A próxima edição revelará o ocorrido com o Professor X.

O Fera se transforma em um lutador e logo de cara enfrenta Unus, o intocável, um mutante com um campo de força ao seu redor. Depois de não conseguir tocá-lo em nenhum momento, Unus vence facilmente a luta e é sondado pelo Mestre Mental. Unus quer se unir à Irmandade de Mutantes, mas o Mestre Mental diz que Magneto quer alguma prova de que Unus possa fazer jus a isso, depois da decepção com Blob (na edição passada). E o desafio escolhido é... derrotar os X-Men!

Francamente... toda a Irmandade de Mutantes foi derrotada por diversas vezes, e pior, consecutivamente, ao longo das primeiras edições da revista e agora esse bando de perdedores quer que uma pessoa só derrote todos os X-Men! Mas até que Unus se sai bem e os derrota.

Os X-Men voltam ao instituto e encontram Hank (Fera) novamente vestindo seus trajes de X-Man e construindo uma arma capaz de aumentar os poderes de Unus. Desconfiados sobre quais seriam as verdadeiras pretensões do outrora amigo Fera, os X-Men tentam impedi-lo, mas assim que surge novamente a ameaça de Unus nas ruas da cidade (ele fica com um dinheiro roubado de ladrões de banco), o grupo vai ao seu encalço e leva o suspeito Fera (e sua máquina recém-construída) junto.

Fera dispara então sua arma contra Unus que realmente potencializa seus poderes. Mas o que ocorre é que agora Unus não consegue tocar absolutamente nada, de um simples cigarro à uma refeição. Ou seja, com o passar do tempo morreria por inanição. Assim, Unus promete ao Fera não fazer mais maldades, e então o efeito da arma é desativado. Fera promete usá-la novamente se Unus voltar a delinqüir. Fim de história.

Unus não é nem de longe um dos inimigos mais notórios que os X-Men já enfrentaram. Vira e mexe ele retorna (sua próxima aparição será em The X-Men 20), mas é um vilão de quinta categoria com um poder nenhum pouco engenhoso e pouco potencial de ser bem desenvolvido. Outrossim, a presença do Mestre Mental chega a dar um calafrio no leitor, já que não seria nada agradável ver mais uma edição da Irmandade contra os X-Men (com o adicional de Unus). Ficaria incessantemente repetitivo (aliás, já estava). Ainda bem que isso não aconteceu.

Por mera curiosidade, o uniforme de Jean perde as franjas e volta ao que era originalmente.

Enfim, uma edição apenas razoável, sem muitos reflexos para o futuro da equipe.

Abraço!

Primeira aparição: Unus, o intocável.

7 comentários:

Orlando Calheiros disse...

Tirando essa tosqueira que foi o Unus, eu me recordo destas edições pela Jean Grey chorona. rs

James Figueiredo disse...

Pô, o Unus não teve uma carreira muito digna, não é?
Quer dizer, tem uma história em que ele morre, depois isso é solenemente ignorado, e me lembro dele fazer uma aparição na fase do Grant Morrison. Além, claro, de ser morto sem cerimônias pelo homem de Gelo no comecinho da era de Apocalipse.

Aliás, Neto, que fim elvou o personagem?

Abraço,
J.

Orlando Calheiros disse...

James, onde ele apareceu na fase do Morrison?

James Figueiredo disse...

Orly, ele aparece numa história desenhada pelo Phil Jimenez, onde os X-Men vão pra Genosha, e tem um bando de mutantes "errantes" por lá, e encontram a Lorna Dane locadocudela, tendo uns surtos psicóticos por causa da "morte" do Magneto. Entre esses mutantes, está o Unus. ;^)

Abração,
J.

Noturno disse...

James, o Unus apareceu recentente no ilegível Excalibur vol. 03 (o de Genosha), e também na mini Dinastia M: O Herdeiro. Sinceramente, nunca dei muita importância pra existência dele, nem sabia distingui-lo de um mero personagem restolho. Abraço.

Ultra Nerd disse...

Hey, Neto
Excalibur 3 não é tão ruim. Não chega aos pés do original, mas está a anos luz da mini e da formação do Xavier em Genosha!
Abs

White Ronin disse...

Unus? Who knows? hehehehe Esse é um coitado com "C" maiúsculo mas gostaria de ler essa estória aê!

"Inocentemente" legal o Fera vencer o "Intocável" de tal forma! Hehehehe

E "Irmandade" nunca é demais, Noturno!Vc é que não entendeu! uahahaha

Brincadeira, amiche!

Take care,

Zatanno Frost