sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

X-Men: Odd Men Out.

X-Men: Odd Men Out
(X-Men: Odd Men Out, julho de 2008)

Roteiro: Roger Stern e Michael Higgins
Desenhos: Dave Cockrum
Arte-final: Joe Rubinstein
Marvel Comics.

A edição especial X-Men: Odd Men Out, lançada em julho desse ano (inédita por aqui), trouxe duas histórias não publicadas na década de 90 escritas por Roger Stern e Michael Higgins, respectivamente. Mas a razão delas terem sido lançadas somente agora é outra (e muito especial): ambas foram desenhadas por ninguém menos que Dave Cockrum, responsável pela reformulação dos X-Men em 1975, ao criar o visual de personagens como Tempestade, Noturno e Colossus!

Em 1991, pouco depois do lançamento da 2ª série dos X-Men (a apelidada de “desadjetivada”, pela falta de designação específica aos heróis), John Byrne era o responsável pelo roteiro das histórias de Uncanny X-Men e X-Men (o argumento ficava por conta dos desenhistas sensação do momento, Jim Lee e Whilce Portacio). Ocorre que os atrasos começaram a se tornar freqüentes por conta dos responsáveis pelo argumento e arte, e assim John Byrne pediu para seu amigo Roger Stern escrever uma história para completar esse hiato que ocorreria nas revistas. E assim surgiu Odd Men Out.

Mas pouco tempo depois, John Byrne parou de ser responsável pelos roteiros (sem ao menos ter sido comunicado, conforme uma entrevista que o autor concedeu à revista Wizard), Roger Stern foi pago pelo trabalho mas a história se perdeu. Stern contou que sua história nunca foi publicada por conta da perda de uma página do roteiro ao longo desses anos (já contam dezessete anos desde que esteve envolvido no projeto). Escrita essa página faltante a poucas semanas de seu lançamento, a Marvel lançou essas histórias por meio de uma edição especial em 2008.

A história Odd Men Out se passa na época da formação do início dos anos 90, com os designs dos X-Men produzidos por Jim Lee. Ela narra um encontro do Professor Xavier com o ex-agente do FBI Fred Duncan, seu velho amigo, e ambos relembram a história do grupo mutante até o ponto em que a revista estava sendo publicada (ou seja, 1991, já que esta é uma história perdida). Boa parte dessas memórias podem ser encontradas no marcador X-Men (Era de Prata).

O ponto central da trama é a preocupação de Xavier com Duncan sobre o risco que o ex-agente e agora consultor de segurança corre ao desejar publicar um livro a respeito da histeria anti-mutante. Para saber onde ocorreu a primeira aparição de Fred Duncan, clique aqui.

É uma história que reconta alguns elementos importantes da cronologia dos X-Men e que serve de auxílio para os leitores que não acompanharam as histórias mais antigas do grupo. Detalhe que Stern pega no pé do nome “Garota Marvel”, quando Xavier diz que teve que criar o codinome de Jean Grey de última hora e se arrepende de não ter criado algo melhor.

Mas que fique claro: Odd Men Out é uma típica história “tapa buraco” (fill-in), daquelas que servem apenas para cobrir os atrasos da equipe criativa oficial.



“Think Again” foi escrita por Michael Higgins e conta uma história dos Novos Mutantes, passada logo após a saga Inferno. Nela, o Pensador Louco descobre uma base secreta, desperta um robô de Apocalipse e o manda ir atrás dos heróis adolescentes.
A história é basicamente uma grande batalha do robô com o grupo e tem alguns momentos de descontração. O ponto fraco é que ela não tem uma resolução, com a impressão de que haverá uma continuação, mas sabemos que isso não ocorrerá.


Os desenhos de Dave Cockrum, em ambas as histórias, estão bem limpos e lembram um pouco seu traço dos anos 70, mas nem de longe lembra seus melhores trabalhos. Para os leitores mais novos, provavelmente não serão bem aceitos já que a arte de Cockrum “envelheceu” com ele e não se assemelha ao estilo que marcou os anos 90.

Para os fãs do desenhista, provavelmente será uma boa pedida, apesar de sua arte ter sido melhor no passado. Alguns quadros das histórias pecaram um pouco por falta de cuidado como, por exemplo, o que mostra o recrutamento de Polaris, em que seu rosto ficou muito mal cuidado.

Enfim, essa edição especial parece ter sido lançada apenas para resgatar duas histórias inéditas desenhadas Dave Cockrum, artista importantíssimo para o sucesso da franquia logo após sua reformulação em meados dos anos 70.

Abraço a todos!

BAMF!

8 comentários:

flávio disse...

Quando, exatamente, o Cockrum desenhou essas histórias, amiche? Foi só recentemente mesmo?

Noturno disse...

Não, flávio. Ele desenhou em 1991 para cobrir os atrasos do Jim Lee e cia. mas a história "se perdeu" e só foi publicada esse ano nesse one-shot. Por isso que a recontagem da história dos X-Men escrita pelo Stern vai até o final da fase do Claremont.

Abraço!

MAGUS disse...

vale para relembrar o grande Cockrum, mas seria bom tê-la lançado antes para ajudar quando ele tava precisando de grana.

I. Monique disse...

to chorando de rir aqui...

Saudades da mara rubia foi demais!!! HAHAHAHA

Depois me dá a senha dele?

beijoss

Adriano disse...

Eu li essa história e gostei.

Mas nem li a dos Novos Mutantes ainda. =/

[]'s

MAGUS disse...

FELIZ NATAL Noturno!
Que no ano que vem tenhamos muitos e muitos artigos legais e seu blog continue alegrando e trazendo boas lembranças aos leitores de quadrinhos
muita paz.

White Ronin disse...

Porque não colocaram estas estórias na XM deste mês no lugar da "WTF" do Vulcan!???? PQP, viu?

No aguardo da Panini publicar o material!

Take care,

Zatanno Frost

R2 disse...

Até hoje não li.

Esqueci onde guardei...tentarei achar.